A INFLUÊNCIA DA VEGETAÇÃO E DA OCUPAÇÃO DO SOLO NO CLIMA URBANO: UM EXERCÍCIO ANALÍTICO SOBRE A AVENIDA PARALELA

Ana Christina Neves Alves, Telma Côrtes Quadros de Andrade, Jussana Maria Fahel Guimarães Nery

Resumo


O adensamento populacional e o crescimento espacial das grandes metrópoles são responsáveis pela supressão de grandes áreas com cobertura vegetal, afetando o clima local. A redução das áreas verdes está diretamente relacionada aos modelos de ocupação do solo urbano, que, muitas vezes, estão condicionados à disputa por maior aproveitamento do espaço construído. O presente artigo identifica e analisa as tipologias de ocupação do solo e a cobertura vegetal existente ao longo da Avenida Paralela, principal eixo de expansão da cidade de Salvador, Bahia. Cada uma das áreas identificadas e caracterizadas foi analisada tendo como critério a formação do fenômeno ilha de calor nas suas diversas intensidades. Como conclusão, levanta-se a hipótese de ocorrência de ilha de calor em algumas das áreas analisadas, tais como nas de tipologias adensadas, com alto grau de impermeabilização do solo.


Referências


ABREU, R.M. Qualidade e gestão ambiental da Bacia do Jaguaribe. Salvador: Instituto de Geociências da Universidade Federal da Bahia. Dissertação (Mestrado em Geografia), 1998. 192 p.

ANDRADE, T.C.Q.; NERY, J.M.F.G.; FREIRE, T.M.M. Thermal Comfort and Urban Climate in the Tropical City of Salvador, Bahia. TECBAHIA: Revista Baiana de Tecnologia, Salvador, v. 17, n. 3, p. 34-45, set./dez. 2002.

ANDRADE, T. C. Q. et al. . A method to derive thermal comfort conditions for a tropical city. In: CONFERENCE ON PASSIVE AND LOW ENERGY ARCHITECTURE, 21, 2004, Eindhoven. Anais… Eindhoven: The 21th Conference on Passive and Low Energy Architecture, 2004. v. 1. p. 19-22.

ANDRADE, T. C. Q. et al. Ruído de tráfego em vias da Pituba e Itaigara na Cidade do Salvador. In: ENCONTRO NACIONAL SOBRE CONFORTO NO AMBIENTE CONSTRUÍDO, 8, 2005, Maceió. Anais... Maceió: UFAL, 2005. v. 1. p. 1980-1989.

ANGELIS NETO G. de, et al. Recuperação de áreas urbanas degradadas com o uso de vegetação. In: CONGRESSO LUSO BRASILEIRO PARA O PLANEJAMENTO, URBANO, REGIONAL, INTEGRADO, SUSTENTÁVEL, 2., 2006, Portugal. Anais... Portugal: Pluris, 2006.

ASSIS, E.S. Uso e ocupação do solo e mudança climática em Belo Horizonte. In: SEMINÁRIO NACIONAL UNIVERSIDDAE E MEIO AMBIENTE, Anais... Brasília: IBAMA,1995. p. 72-73.

AZEVEDO, P. O. Salvemos Salvador, enquanto é tempo. Jornal A Tarde, Salvador, 23 jul.2009.

FANGER, P. Thermal comfort: analysis and applications in environmental engineering. Copenhagen: Danish technical Press, 1970. 244 p.

FE, D. S. et al. Índices de Conforto Térmico: Avaliação para Clima Quente e Úmido. Anais da Biblioteca Nacional, v. 01, 2007. p. 697-706.

FUNDAÇÃO GREGÓRIO DE MATTOS. Disponível em: < http://www.culturafgm.salvador.ba.gov.br/>. Acesso em: 27 jul. 2009.

GARCÍA, M. del C.M. Estudio del clima urbano de Barcelona: La isla de calor. 1992.193f. Tese (Doutorado em Geografia) — Departamento de Geografia Física e Análise Geográfica Regional, Universidade de Barcelona, Barcelona, 1992.

HERTZ, J. B. Ecotécnicas em arquitetura. Comoprojetar nos trópicos úmidos do Brasil.São Paulo: Pioneira, 1998.

INMET. Disponível em: . Acesso em: 04 ago. 2009.

LOMBARDO, M.A. Ilhas de calor nas metrópoles: o exemplo de São Paulo. São Paulo: Hucitec, 1985

LOPES D. E. ; FRANCISCO J., O “verde” nas cidades médias: produção e conseqüências. In: CONGRESSO LUSO BRASILEIRO PARA O PLANEJAMENTO, URBANO, REGIONAL, INTEGRADO, SUSTENTÁVEL, 2., 2005. Anais... Portugal: Pluris, 2005.

MASCARÓ, J.; MASCARÓ, L. & AGUIAR, C. Cidade: energia, arborização urbana e impacto ambiental. Ciência & Ambiente, Santa Maria, UFSM, v.1, n.1, p. 59-72, jul.1990.

MASCARÓ, L.; MASCARÓ, J. Vegetação urbana. Porto Alegre: [s.n.], 2002

MOURA, T. et al. Mapeando as condições de conforto térmico em Salvador. RUA - Revista de Arquitetura e Urbanismo. Salvador, v.1, n.9, jan/jun, 2006. p. 44-49

NIEMEYER M. L., MALAFAIA C. S. e SANTOS M. J., A relevância do estudo de conforto ambiental no planejamento de espaços públicos. In: CONGRESSO LUSO BRASILEIRO PARA O PLANEJAMENTO, URBANO, REGIONAL, INTEGRADO, SUSTENTÁVEL, 2, 1996. Anais… Portugal: Pluris, 2006.

OLGYAY, V. Design with climate. N.J.: Princenton University Press, 1963.

SANTAMOURIS, M., ASIMAKOPOULOS, D. Desing Source on Passive Solar Architecture Energy Conservation in Buildings. Athens: CIENE, 1996

SOFFIATI NETTO, Aristides Arthur. A cidade como natureza e a natureza da cidade. Faculdade de Direito de Campos, Campos dos Goytacazes, RJ, v. 1, n. 1, p. 29-40, jan./jun. 2000. Disponível em: . Acesso em: 22 out. 2009. ¢!


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.