A IMAGEM DO URUGUAI: Uma leitura da paisagem construída pelo cinema contemporâneo

MARINA C. MARTINS, EBER P MARZULO

Resumo


O artigo explora a relação entre imagem e paisagem como referenciais em processos de identificação. As imagens produzidas por bens simbólicos assumem sentido enquanto discursos que incidem em processos de territorialização. Dada a relevância que o cinema assume nas sociedades contemporâneas ao estabelecer o filme como paradigma dos discursos audiovisuais, o artigo centra-se na imagem fílmica que, além de instaurar e disputar costumes e formas de vida, também potencializa embates na constituição de identificações regionais desde a imagem de paisagens. Paisagens podem adquirir status de imagem referência e assim interferir nas dinâmicas de identificações locais, regionais, nacionais e grupais. Nesse sentido, o artigo faz uma leitura da imagem do Uruguai nos filmes El viaje hacia el mar (Guillermo Casanova, 2003), El baño del Papa (Enrique Fernández e César Charlone, 2007), Whisky (Juan Pablo Rebella e Pablo Stoll, 2004) e Por el camino (Charly Braun, 2010) como discursos que disputam a configuração e/ou afirmação de uma(s) paisagem(s) identitária(s). A seleção dos filmes obedece a dois critérios fundamentais. O primeiro refere-se ao reconhecimento da obra em instâncias culturais e econômicas, e o segundo refere-se à escolha de filmes cujas paisagens tenham destaque em relação à narrativa. Em termos de método, o estudo da paisagem nos filmes tem como suporte as reflexões teórico-metodológicas de Howard Becker, que propõe procedimentos de seleção, tradução, arranjo e posteriormente de interpretação no trabalho com discursos, descrições e análises da sociedade. A interpretação busca identificar as diferentes paisagens uruguaias construídas pelos filmes, a partir de seus elementos, suas funções, suas conexões, suas dinâmicas, dos questionamentos relacionados e dos sentimentos suscitados em seus personagens. Os quatro filmes apresentam a convivência e a interpenetração das estruturas do campo, do mar e da cidade e constroem uma paisagem vazia.


Referências


AZEVEDO, Ana Francisca de. Cinema, arte e comunicação: o ser inteiro da paisagem e o fabrico dialógico da experiência. In: PIRES, H.; MORA, T. (Ed.). Encontro de Paisagens. Guimarães: Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade/ Centro de Investigação em Ciências Sociais/ Universidade do Minho, 2012. p.27-46.

BECKER, Howard. Métodos de Pesquisa em Ciências Sociais. São Paulo: Hucitec, 1999.

BECKER, Howard. Falando da Sociedade. Ensaios sobre as diferentes maneiras de representar o social. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2009.

BESSE, Jean-Marc. Las cinco puertas del paisaje. Un ensayo de una cartografía de las problemáticas paisajeras contemporáneas. In: MADERUELO, Javier (Org.). Paisaje y pensamiento. Madrid: Abada Editores, 2006. p.145-171

BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 2011.

CAUQUELIN, Anne. A invenção da paisagem. São Paulo: Martins, 2007.

COSGROVE, D. Geography and Vision. Seeing, imaginig and representing the World. Londres-Nova York: I.B. Tauris, 2008.

CULLEN, Gordon. Paisagem Urbana (1971). Lisboa: Edições 70, 1993.

HAESBAERT, Rogério. Identidades Territoriais: entre a multiterritorialidade e a reclusão territorial (ou: do hibridismo cultural à essencialização das identidades). In: HAESBAERT, R.; ARAUJO, F. Identidades e Territórios: questões e olhares contemporâneos. Rio de Janeiro: Access, 2007. p.33-56

JAY, Martin. La crisis de la experiencia en la era pos-subjetiva. In: Prismas, Revista de historia intelectual, No6, 2002, p.9-20.

JAY, Martin. Relativismo Cultural e a Virada Visual. In: Aletria: Revista de Estudos de Literatura. 1, out. 2012, p.14-28.

LEFEBVRE, Martin. Landscape and film. New York: Routledge, 2006.

LYNCH, Kevin. A imagen da cidade (1960).São Paulo: Martins Fontes, 1997.

MARTÍNEZ DE PISÓN, Eduardo. Los componentes geográficos del paisaje. In: MADERUELO, Javier (org.) Paisaje y pensamiento. Madri: Abada Editores, 2006.

MITCHELL, W.J.T. Picture Theory. Essays on verbal and visual representation. Chicago: The University of Chicago Press, 1994.

POLLACK, Michael. Memória e Identidade Social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol. 5, n.10, 1992, p.200-212.

RAFFESTIN, Claude. Dalla nostalgia del territorio al Desiderio di paesaggio – elementi per uma teoria del paesaggio. Firenze: Alinea Editrice, 2005.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço. São Paulo: Ed. da USP, 2006.

VERDUM, Roberto; FONTOURA, Luiz Fernando. Temáticas rurais: do local ao regional. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

Filmografia

EL BAÑO DEL PAPA. Direção de César Charlone e Enrique Fernández. Produção de Andrea Barata Ribeiro, Bel Berlinck, Serge Catoire, Fernando Meirelles e Elena Roux. Uruguai, Brasil, França: Chaya Films, O2 Filmes, Laroux-Ciné, 2007, 97 min, color, esp.

EL VIAJE HACIA EL MAR. Direção de Guillermo Casanova. Produção de Natacha López. Uruguai, Argentina: Lavoragine Films, Jorge Rocca, 2003, 80min, color, esp.

POR EL CAMINO. Direção e Produção de Charly Braun. Uruguai, Brasil: Lynxfilm, Waking Up Films, 2010, 85min, color, esp, ing.

WHISKY. Direção de Juan Pablo Rebella e Pablo Stoll. Produção de Fernando Epstein. Uruguai, Argentina, España, Alemanha: Rizoma Films, Wanda Visión, Pandora Filmproduktion, 2004, 94min, color, esp.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.