CAPA | EDIÇÕES | BUSCA | SUBMISSÃO | SOBRE | CONTATO
       FÓRUM | Clima Urbano e Planejamento das Cidades - Vol. 3, Nº. 2 (2010)  
 

ARTIGO

MODELOS FÍSICOS NA ANÁLISE DE VENTILAÇÃO URBANA: O USO DO TÚNEL DE VENTO

PHYSICAL MODELS IN THE ANALYSIS OF URBAN VENTILATION: THE USE OF THE WIND TUNNEL



Shimomura, Alessandra Prata; Frota, Anesia Barros; Celani, Gabriela

RESUMO

Este artigo apresenta estudos de caso (para a cidade de Santos e São Paulo) que utilizaram modelos físicos como instrumento para conhecer as características da ventilação urbana de uma dada região. Os objetivos, nestes casos, foram verificar a influência do efeito do vento no nível dos usuários/pedestres, a aplicabilidade de índices de conforto ambiental para espaços externos e a possibilidade de compreender a situação atual e avaliar alternativas de intervenção. Para isso foi utilizado o equipamento túnel de vento de camada limite atmosférica e técnicas que apresentaram resultados quali e quantitativos aplicáveis a projetos. A alternativa de modelos físicos não se limita a escala urbana, possibilitando detalhamento e análise de elementos arquitetônicos em obras existentes e em projetos de edifícios.

ABSTRACT

This article presents case studies (for the cities of Santos and São Paulo) which used physical models as instruments to determine the urban ventilation characteristics of a given area. The objectives, in these cases, were to verify the influence of wind at the pedestrian / user level, the aplicability of environmental confort indexes to external spaces and the possibility of understanding the current situation and evaluating the alternatives of intervention. To achieve them, the atmospheric boundary layer wind tunnel and techniques which presented (qualitative and quantitative) results applicable to projects were used. The use of physical models is not limited to the scale of the city, but can also be applied to the scale of the building, enabling detailing and analysis of architecture elements in existing buildings as well as designs.


PALAVRAS CHAVE:  modelos físicos, ventilação natural, túnel de vento, ensaios

KEYWORDS:  physical models, natural ventilation, wind tunnel, wind tunnel testes

MENU DO ARTIGO
TEXTO COMPLETO
METADADOS
VERSÃO P/ IMPRESSÃO